6 festivais na Escandinávia que você precisa conhecer neste outono

Esses 6 incríveis eventos na Escandinávia trazem um pouco de luz e animação para Copenhague, Estocolmo e Oslo nos meses escuros e ventosos do outono

Escandinávia

Noite da cultura em Copenhague. © Saatrup & Høst

Categoria Cidades

Data 01/10/2015

Os verões na Escandinávia são curtos e intensos. Depois de um longo e escuro inverno, as cidades ganham vida durante o verão, quando as ruas, parques e cafés enchem de gente curtindo o sol e as iluminadas noites nórdicas.

Já a chegada do outono nunca é recebida com muita empolgação, pois vem anunciando o inverno que se aproxima. Mas as capitais escandinavas oferecem diversos eventos que fazem desse longo período, digamos, mais sombrio, uma época cheia de coisas bacanas para fazer.

Selecionamos alguns dos nossos eventos e festivais favoritos em Copenhague, Estocolmo e Oslo nessa temporada que não dá pra perder!

Copenhague

Noite da Cultura: 9 de outubro

Escandinávia - Curtindo a noite cultural.
Visite Copenhague para curtir a Noite de Cultura. © Sattrup & Høst

Em uma cidade onde lojas e museus fecham relativamente cedo, e onde nessa época do ano, os habitantes tendem a ficar dentro de casa, procurando refúgio das chuvas do inicio de outono, a Noite da Cultura (Kulturnatten) se destaca como algo bastante especial.

Todo ano, nessa noite, lojas e museus ficam abertos até tarde, diversas instituições que geralmente estão fechadas para o público abrem suas portas, e performances de uma única noite acontecem por toda Copenhague. De shows debaixo d’água à chance de passar uma noite numa cela de prisão, os espetáculos anuais da Noite da Cultura mostram o melhor da bela Copenhague – mesmo contra o tempo ruim.

CPH:DOX: 5 a 15 de novembro

Escandinávia - Hora de cinema no CPH:DOX.
Filmes e debates no Festival de Cinema CPH:DOX de Copenhague. © Mikkel Søndergaard Deleuran

O poeta dinamarquês Henrik Nordbrandt escreveu um poema chamado “The Year Has 16 Months”, que dizia: “O ano tem 16 meses: dezembro, janeiro, fevereiro, março, abril, maio, junho, julho, agosto, setembro, outubro, novembro, novembro, novembro, novembro, novembro”. Ainda que novembro pareça mesmo sem fim, um evento em Copenhague ajuda a digerir esse fatídico mês – o CPH:DOX, o Festival Internacional de Filmes Documentários de Copenhague.

Com mais de 200 filmes do mundo todo para escolher, é o maior festival de documentários da Escandinávia. Com temáticas variadas, produções premiadas e convidados especiais, o festival certamente traz uma cor especial a Copenhague em novembro.

Estocolmo

Stockholm Jazz Festival: 9 a 18 de outubro

Escandinávia - Música ao vivo no Stockholm Jazz Festival.
Música ao vivo no Stockholm Jazz Festival. © Sven Tupits

Estocolmo em outubro já fica mais escura e os casacos e echarpes já são itens primordiais nas vitrines das lojas. Mas nesse mês também acontece o anual Stockholm Jazz Festival, criado em 1980 e considerado um dos mais antigos festivais da Suécia, espalhando-se por 10 dias e 35 palcos.

Ao longo dos anos, gigantes do jazz como Stan Getz, Dizzy Gillespie e Monica Zetterlund já tocaram no festival, e este ano nomes como Chick Corea e Rickie Lee Jones comandam o rol de atrações.

Stockholm International Film Festival: 11 a 22 de novembro

Escandinávia - Fãs de cinema no Stockholm Film Festival.
Fãs de cinema no Stockholm Film Festival. © Emmanuel Castro Skott

Com mais de 2.000 filmes exibidos desde seu humilde começo em 1990, o Stockholm Film Festival não é nada menos que espetacular. Trata-se de um verdadeiro paraíso para os cinéfilos, com uma programação de babar. Este ano, o festival se estende por 12 dias, com cerca de 200 filmes de 60 países sendo exibidos nos cinemas de Estocolmo.

Para completar, além dos filmes, há festas, quizzes, seminários e debates ao vivo com atores e diretores.

Oslo

Oslo World Music Festival: 27 de outubro a 1 de novembro

Escandinávia - Público animado no Oslo World Music Festival.
Público animado no Oslo World Music Festival. © Bilge Öner

Música de qualidade e ritmos universais ajudam a esquentar Oslo em outubro, durante o World Music Festival. O festival apresenta música de todos os cantos do globo, especialmente Ásia, América Latina e África. Este ano, serão mais de 300 artistas se apresentando em 18 palcos espalhados pela cidade. Os ritmos vão do flamenco ao soul e fado, passando pelo electro, hip hop e blues. Impossível não se animar!

Rakfiskfestival: 5 a 7 de novembro

Escandinávia - Comidinhas deliciosas no Rakfisk, o festival de peixe de Oslo.
Comidinhas deliciosas no Rakfisk, o festival de peixe de Oslo. © Norsk Rakfisk Festival

Se comer o “rakfisk” – prato norueguês normalmente feito com truta salgada e fermentada por cerca de dois meses até um ano, para depois ser comida crua – é algo que apetece seu paladar, então Oslo em novembro é a pedida. Aliás, a três horas ao norte da capital, para a cidade de Fagernes para dois dias de muito peixe fermentado.

Fagernes, no leste ad Noruega, é onde nasceu o rakfisk e, de 5 a 7 de novembro, a cidade sedia o Rakfiskfestival, dedicado especialmente ao prato típico. São mais de 500 toneladas de rakfisk consumidas todo ano na Noruega, com milhares de entusiastas do prato rumando ao festival pra provar a iguaria, acompanhados de uma boa cerveja escura ou uma dose de aquavita para ajudar na digestão.

Publicado originalmente

01/10/2015