15 curiosidades que você não sabia sobre o Rio de Janeiro

Acha que sabe tudo sobre os segredos da Cidade Maravilhosa? Teste seu conhecimento com essas 15 curiosidades sobre o Rio de Janeiro.

curiosidades do rio de janeiro

O maior carnaval do mundo acontece no Rio

Categoria Cidades Melhores destinos no Brasil

Data 14/06/2016

Para o mundo todo, Rio é sinônimo de samba e carnaval, de belas praias, de gente bonita e do anfitrião das Olimpíadas 2016. Mas o quanto você sabe sobre a segundo município mais populoso do Brasil (depois do centro financeiro São Paulo, claro)? Confira nossas 15 curiosidades sobre o Rio de Janeiro e teste seu conhecimento.

Leia também: confira nosso guia com dicas sobre o que fazer no Rio de Janeiro e explore o melhor da Cidade Maravilhosa!

1. O Rio é de Janeiro, mas o rio, na verdade, é uma baía

Rio de Janeiro é, de fato, um nome super poético para uma cidade com mais de 200 rios que a cortam. Mas a qual rio o nome se refere? A resposta é: nenhum deles.

Foi em janeiro de 1502 que o explorador português Gaspar de Lemos primeiro chegou ao Rio. Diz a lenda que Lemos navegava pela Baía da Guanabara quando ele inventou o nome para a cidade, confundindo a baía com a boca de um grande rio.

Hoje em dia, alguns historiadores questionam a teoria, argumentando que os portugueses eram navegadores muito experientes para cometer tamanho erro, e que a palavra para rio no século 16 também era usada para identificar baías. Seja como for, o nome pegou – e muito.

2. A maioria das escolas de samba do Rio ficam nas favelas

curiosidades do rio de janeiro - maior carnaval do mundo
Crianças se preparam para o carnaval na Rocinha

São mais de mil favelas no Rio – e quase um quarto dos cariocas moram nelas. As comunidades mais carentes do Rio vem ocupando as favelas desde o final do século 19, como opção de residência mais acessível. Foi lá, nas favelas, que os antigos escravos africanos e seus descendentes criaram o estilo de música hoje conhecido como samba.

Hoje, a maioria das renomadas escolas de samba que competem pelo título anual do Carnaval do Rio está localizada nas favelas, ou perto delas. Mangueira, Salgueiro e Unidos da Tijuca são alguns exemplos.

Leia mais: 10 danças folclóricas para viajar pelo mundo

3. A estátua do Cristo Redentor foi eleita uma das novas maravilhas do mundo

O que não falta no Rio são belezas naturais dignas de cartão-postal, mas sua atração mais famosa não só foi construída pelo homem, mas também eleita uma das 7 Novas Maravilhas do Mundo em 2007, ao lado de obras-primas como o Coliseu de Roma e o Taj Mahal, na Índia. A estátua do Cristo Redentor, de fato, desafia a natureza: seus braços abertos de 28 metros tiveram que ser construídos sobre o Morro do Corcovado sem espaço para andaimes.

Inaugurado em 1931, como um tributo ao aniversário de 100 anos do Rio, o Cristo tem 30 metros de altura (sem incluir o pedestal de 8 metros), sendo a maior estátua em Art Deco do mundo. O monumento foi financiado por brasileiros, projetado por um francês e construído em pedras suecas. O resultado é realmente divino: apesar de ser atingido por raios algumas vezes por ano, permanece firme e forte, protegendo os cidadãos da Cidade Maravilhosa.

4. O Rio de Janeiro tem o céu mais azul do mundo

curiosidades do rio de janeiro - cristo redentor sete maravilhas do mundo
O imenso céu azul é o pano de fundo perfeito para uma foto no Cristo

Céu limpo, areia quente e uma bebida gelada… não é o que todo mundo quer durante as férias? Bom, no Rio você não só vai encontrar isso, mas sim o céu mais azul do mundo inteiro. A afirmação parece audaciosa, mas é baseada em uma pesquisa feita em 2006 por uma pesquisadors de TV que viajou o planeta em busca do céu mais azul do mundo.

Anya Hohnbaum, de 27 anos, visitou 20 lugares diferentes, incluindo Nova Zelândia e África do Sul, em uma viagem de 72 dias como parte de um concurso que ela ganhou. Para conseguir resultados precisos, ela usou um espectômetro portátil especial desenvolvido por cientistas do British National Physical Laboratory. Portanto, é tudo cientificamente comprovado!

5. O Carnaval do Rio também é o maior do mundo

De acordo com o Guinness, o Livro dos Recordes de 2004, a festa popular mais famosa da cidade atraiu um número recorde de 400.000 visitantes estrangeiros, tornando-se o a maior festa de carnaval do mundo. Além dos visitantes de fora, todo ano cerca de 5 milhões de pessoas tomam conta das ruas do Rio para participar das centenas de festas de rua – os blocos. Sem falar dos milhares que compram os ingressos – nada baratos – para assistir ao desfile oficial competitivo na Marquês de Sapucaí.

6. Há mais de 100 ilhas na Baía da Guanabara

curiosidades do rio de janeiro - baía de guanabara
A gigante Baía da Guanabara se espalha por mais de cem ilhas

O que as paisagens do Pão de Açúcar, do Cristo Redentor e da praia de Copacabana possuem em comum? É a Baía da Guanabara o pano de fundo para todas elas. Não poderia ser diferente, dado o seu tamanho – ela se espalha por nada menos que 15 cidades. É a segunda maior baía do país, com superfície de 412 quilômetros quadrados, 53 praias e mais de 100 ilhas.

Em uma viagem ao Rio de Janeiro, você vai visitar pelo menos uma delas – a maior, de fato: a Ilha do Governador é onde está situado o aeroporto internacional do Rio.

7. Rio tem a oitava maior biblioteca do mundo

Foi em novembro de 1807 quando a Família Real de Portugal precisou tomar uma difícil decisão – fugir para o Rio de Janeiro para escapar de Napoleão e suas tropas. A fuga foi bem organizada: cerca de 15 mil pessoas, entre membros da família e criados viajaram para o Brasil em 14 navios. Com eles, uma das maiores riquezas de Portugal: a Biblioteca Real e seus 60.000 volumes.

Na verdade, um dos primeiros atos de Dom João VI, o Príncipe Regente português , no Brasil foi estabelecer a Biblioteca Nacional, que veio a tornar-se a oitava maior biblioteca do mundo, com mais de 15 milhões de itens.

Leia mais: As bibliotecas mais legais do mundo

8. Os moradores do Rio são os mais rápidos para subir e descer dos ônibus

Os ônibus são o meio mais barato de transporte no Rio, e levam os visitantes para praticamente qualquer ponto da cidade. Andar de ônibus no Rio, no entanto, não é uma experiência tão simples quanto parece (ou deveria). Os motoristas não são exatamente prudentes e podem muito bem deixar os passageiros pra trás se não forem rápidos o suficientes para embarcar.

Com anos de experiência como passageiro, o pesquisador Ronaldo Balassiano decidiu investigar esse curioso fenômeno social. Ele descobriu que o medo de ser deixado pra trás faz dos cariocas mais rápidos no processo de subir e descer dos ônibus. Quando comparados com os londrinos, por exemplo, os cariocas levam 1.85 segundos para subir no ônibus, enquanto os londrinos levam 2.4 segundos.

9. O Rio tem a maior floresta urbana do mundo

curiosidades do rio de janeiro - floresta da tijuca
Explore a Floresta da Tijuca, a poucos metros do centro da cidade

Rio pode ser uma cidade grande, com mais de 6 milhões de habitantes, mas também pode-se sentir como em uma cidade pequena, especialmente quando de repente você está no meio de uma floresta, debaixo de uma cachoeira. Isso tudo porque o Rio é lar da maior floresta urbana do mundo, a Floresta da Tijuca.

A área de conservação de 33 quilômetros quadrados é resultado do reflorestamento feito no final do século 19, por ordem do então imperador Dom Pedro II. A ideia era restaurar a área que havia sido destruída por plantações de café, para evitar a erosão dos morros que cercavam a cidade. Vários dos pontos turísticos do Rio de Janeiro estão parcialmente localizados na Floresta da Tijuca – o Jardim Botânico, o Parque Lage e o Corcovado são alguns deles.

Leia mais: O que fazer no Rio de graça!

10. “Carioca” significa “casa do homem branco”

A palavra carioca – designado aos moradores da cidade do Rio de Janeiro – tem sua origem na língua Tupi-Guarani, usada pelos povos indígenas que habitaram essa terra abençoada antes dos europeus chegarem. “Kari’Oka” era o que os índios chamavam a cidade que os colonizadores portugueses estavam construindo em suas terras. Ou seja, significa a casa do homem branco.

11. Rio de Janeiro quase não foi a sede das Olimpíadas 2016

curiosidades do rio de janeiro - cidade olimpica
O Museu do Amanhã, na zona portuária renovada da cidade

Quando o Rio de Janeiro foi eleito para ser a cidade anfitriã dos Jogos Olímpicos de Verão 2016, em 2009, a notícia foi recebida com uma festa para milhares de pessoas na famosa praia de Copacabana. Era a terceira vez que a cidade tentava, e finalmente havia motivo para comemorar – Rio 2016! Mas por pouco que não aconteceu.

O Rio quase ficou de fora da lista de quatro cidades selecionadas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) antes da decisão final. Teve uma pontuação menor que Doha, capital do Qatar, que terminou descartada por causa de um detalhe (por causa das altas temperaturas da cidade durante o verão europeu, Doha sugeriu sediar as Olimpíadas em outubro, mas isso não foi aceito). Assim, mesmo com a desconfortável nota de 6.4 dada pelo COI, Rio seguiu na competição. E acabou surpreendentemente vencendo.

12. Rio já foi a única capital europeia fora da Europa

Em tempos de crise, medidas drásticas são necessárias. Foi assim com Dom João VI. Era 1807 e as tropas de Napoleão estavam cada vez mais próximas de invadir Portugal para garantir que o pequeno país costeiro se rendesse ao domínio da França. Mas não era bem isso que Dom João VI queria; portanto ele decidiu fazer as malas e levar todo o seu reino para o Rio, entre os anos de 1808 e 1821, quando já era seguro de novo para a realeza voltar para casa.

Depois de sentir como era ser o quartel-general de um império, o Rio já não quis voltar aos dias de antigamente. E a declaração de independência do Brasil aconteceria em 1822.

13. Todo Carnaval, a cidade é comandada pelo mítico Rei Momo

curiosidades do rio de janeiro - historia do carnaval
Vida longo ao rei Momo, o Rei do Carnaval!

Dizem que o carioca espera o ano todo por um único momento – a sexta-feira em que o prefeito do Rio entrega as chaves da cidade ao Rei Momo, marcando o inicio do Carnaval, “a maior festa do mundo”.

O Rei Momo é uma figura mítica, piadista cujas origens históricas datam da Grécia Antiga. Ele simboliza a festa e a liberdade sobre a razão, sendo geralmente encarnada por um homem gordo e alegre, vestido roupas festivas e com uma capa.

A tradição oficial no Rio acontece desde 1933, e todo mundo leva a sério, com centenas de repórteres cobrindo o momento simbólico todo ano. As chaves permanecem com o Rei Momo até a Quarta-feira de Cinzas, quando a vida mundana força os cariocas a retomarem a vida real.

14. O maior jogo de futebol do mundo acontece aqui

Os brasileiros não têm a melhor das lembranças, mas 16 de julho de 1950 foi um dia histórico. Brasil jogava com o Uruguai na final da Copa do Mundo de 1950. O palco era o Maracanã, construído especialmente para a ocasião e, na época, o maior estádio do mundo.

Um total de 173.850 pagantes – e cerca de 20 mil não-pagantes – estavam lá para assistir o que todos esperavam ser a primeira conquista da taça pelo Brasil. Mas foi o Uruguai quem levou a melhor, silenciando dezenas de milhares de torcedores de maneira tão forte, que ganhou até um apelido: Maracanazo.

15. Foi onde nasceu Oscar Niemeyer

curiosidades do rio de janeiro - sambodromo
A arquitetura do Sambódromo, projetado pelo mestre Oscar Niemeyer, até hoje destaca-se em meio ao glamour e folia do carnaval do Rio

Brasília é certamente um dos maiores e mais destacados troféus da Oscar Niemeyer, mas o homem por trás da moderna arquitetura nasceu e foi criado no Rio. Talvez tenha sido lá que Niemeyer aprendeu a ser tão poético, criando suas curvas inconfundíveis em meio aos prédios de concreto.

Boa parte de sua obra– incluindo o famoso museu em forma de nave espacial, o MAC – fica localizado em Niterói, do outro lado da Baía da Guanabara. O museu é parte do Caminho Niemeyer, que leva os visitantes pelos sete prédios projetados pelo arquiteto. Mas o Rio também tem algumas pérolas de Niemeyer, como o Palácio Gustavo Capanema e o Sambódromo da Marquês de Sapucaí.

Encontre passagem para Rio de Janeiro

Procurando mais coisas interessantes e GRÁTIS para explorar as cidades? Confira o blog momondo, e baixe nosso guia do Rio gratuito para o seu iPhone via App Store (em inglês).

Leia também: O melhor da natureza carioca: lugares para conhecer no Rio de Janeiro e 9 pontos turísticos imperdíveis no Rio de Janeiro

Publicado originalmente

14/06/2016