O que fazer no Rio de Janeiro de graça

Indo para o Rio e com a grana curta? É perfeitamente possível aproveitar a viagem com estas dicas do que fazer no Rio de Janeiro de graça! Confira!

O que fazer no Rio de Janeiro

Um mergulho em frente ao Museu do Amanhã no Rio © Agência Brasil

Categoria Cidades Melhores destinos no Brasil

Data 09/05/2016

Viajar ao Rio de Janeiro pela primeira vez pode ser impactante – bairros gigantes, praias lotadas e um clima quente e úmido constante. Mas nossos experts locais estão aqui para ajudar e listar o que fazer no Rio de Janeiro de graça para você se divertir muito, gastando quase nada.

Além das trilhas pela Floresta da Tijuca, não faltam festas de rua, museus gratuitos e prédios históricos para visitar na cidade sem gastar um tostão. Então mesmo os aventureiros com pouca grana vão encontrar na Cidade Maravilhosa seu destino perfeito de viagem!

Leia também: confira nosso guia com dicas sobre o que fazer no Rio de Janeiro e explore o melhor da Cidade Maravilhosa!

Explore o Museu de Arte do Rio dentro e fora

O que fazer no Rio de Janeiro - Museu de Arte do Rio (MAR)
Aprenda sobre passado e o presente do Rio no Museu de Arte do Rio (MAR)

Onde o antigo encontra o novo: o MAR (Museu de Arte do Rio), um dos primeiros projetos Porto Maravilha – de reabilitação do porto da cidade. Admire o extraordinário design do museu, que consiste em três prédios de diferentes períodos históricos unidos sob um sinuoso e imenso telhado. No último andar, o MAR oferece uma impressionante vista da Baía da Guanabara, da Ponte Rio-Niterói e da recém renovada Praça Mauá.

O MAR possui uma interessante coleção de arte, e desde sua abertura em 2013, já sediou exposições temporárias com retratos da paisagem do Rio de Janeiro durante os anos de 1700 e sobra a história das primeiras favelas da cidade. Neste verão, MAR também organizará festivais de música e cinema, que costumam terminar com festas que tomam conta da praça externa. A entrada é gratuita toda terça-feira.

Samba o ano todo na Rua do Ouvidor

O que fazer no Rio de Janeiro - Samba da Ouvidor
É sempre tempo de festa com o Samba da Ouvidor © Nico Kaiser

Oficialmente, o Carnaval acontece somente uma vez por ano (fevereiro ou março). Mas no Rio, todo sábado é dia de samba, com festas de rua promovidas pelo grupo Samba da Ouvidor. O show atrai milhares na esquina Rua do Ouvidor com a Rua do Mercado, um canto dos mais bonitos e charmosos do centro do Rio, rodeado de bares e lojas bacanas.

A Rua do Ouvidor é uma das mais antigas do Brasil. Fica bem perto do Paço Imperial, antiga sede da administração colonial portuguesa. E no Samba da Ouvidor, os cariocas mostram o verdadeiro espírito do Carnaval e suas canções favoritas, novas e clássicas, definitivamente uma das melhores opções do que fazer no Rio de Janeiro! A festa começa por volta das 17h.

Favela e graffiti no Morro dos Prazeres

O que fazer no Rio de Janeiro - Arte de rua no Morro dos Prazeres
Arte de rua no Morro dos Prazeres © Ieesean

Passeando pelo Morro dos Prazeres, suba o caminho rodeado de arte de rua assinada por 45 artistas de rua de diferentes partes do Brasil e do mundo. Os muros de 80 casas foram pintadas até o alto da favela, onde tem-se uma vista nada menos que espetacular do Pão de Açúcar.

Não deixe de observar o interessante estilo arquitetônico das casas da favela, construídas pelos próprios moradores. O caminho começa na Rua Gomes Lopes, passando a Rua Almirante Alexandrino, uma das principais ruas que levam ao bairro de Santa Teresa. Há guias locais disponíveis também.

Imagine o futuro no Museu do Amanhã

O que fazer no Rio de Janeiro - Museu do Amanhã
Visite o Museu do Amanhã projetado por Santiago Calatrava

O Museu do Amanhã é a nova pérola da renovada zona portuária do Rio. O esqueleto branco projetado por Santiago Calatrava já é uma atração por si só, com suas asas encrustadas com painéis solares que movem-se lentamente em direção ao sol. Sente à beira do espelho d’água no final do píer, tome uma bebida gelada de um dos food trucks próximos e passe uma tarde das mais agradáveis.

As exposições interativas do museu também merecem muitos elogios. Os curadores apresentam cinco temas centrais: Cosmos, Terra , Antropoceno, Amanhã e Nós. Por meio de experimentos e exposições, o visitante é convidado a imaginar o mundo sustentável que todos nós podemos construir pelo futuro da humanidade. A entrada é gratuita toda terça-feira.

Sinta-se um campeão no Parque Radical de Deodoro

O que fazer no Rio de Janeiro - Parque Radical em Deodoro
Mergulhe na piscina gigante do Parque Radical em Deodoro © Agência Brasil

Esse Parque Olímpico virou uma atração para os moradores bem antes do começo dos jogos. Construído como um espaço para sediar competições de canoagem, mountain bike e outros oito eventos, o Parque Radical de Deodoro tornou-se um local popular para os locais para curtir o sol, a paisagem montanhosa e a piscina gigante.

O parque ficará fechada ao público em geral nos meses que antecedem as Olimpíadas, e reabrirá em outubro de 2016. A dica é chegar cedo para reservar uma cadeira de praia. O caminho até o parque também é uma boa oportunidade para ver a Zona Norte da cidade, muitas vezes ignorada pelos turistas.

Ande no bonde amarelo de Santa Teresa

O que fazer no Rio de Janeiro - bondinho Santa Teresa
Um bondinho charmoso (e gratuito!) para passear em Santa Teresa © leesean

Buscando dicas sobre o que fazer de Rio de Janeiro de graça e ainda aprendendo sobre a história carioca? Bem, o histórico Bondinho de Santa Teresa leva o visitante da muvuca do centro da cidade até o coração de Santa Teresa, o bairro boêmio no alto da montanha com vista para a cidade. A linha começa na estação de metrô Carioca, passa pelos Arcos da Lapa, e oferece uma boa vista da variada arquitetura do centro comercial do Rio.

O pequeno bonde amarelo leva então até as ruas de pedra de Santa Teresa, onde os visitantes encontram restaurantes, bares, galerias de arte e lojas das mais simpáticas. A parada final é no Largo dos Guimarães – a uma pequena caminhada de bares famosos como o Bar do Mineiro e o Bar do Gomes. Os bondes rodam das 10h às 16h diariamente, e são de graça.

Um banho de cachoeira

O que fazer no Rio de Janeiro - Lagoa Rodrigo de Freitas
Uma caminhada pela floresta com uma vista absoluta da Lagoa Rodrigo de Freitas © Bruno Pinho

Seis milhões de pessoas vivem no Rio de Janeiro, mas tem vezes que a cidade parece pequena – a Cachoeira dos Primatas é um exemplo. A cascata fica só a uma hora caminhando da Rua Jardim Botânico, uma das mais movimentadas do Rio. Do final da Rua Sara Vilela, caminhe a trilha de 30 minutos pela floresta e chegue até uma linda e protegida cachoeira. A recompensa será intensa: um mergulho refrescante com vista completa da Lagoa Rodrigo de Freitas.

Atenção para a companhia – no caminho pela trilha, pequenos macacos poderão aparecer, então é bom esconder sua comida! O melhor horário para visitar é entre 8h e 17h, durante a temporada de chuvas, quando a piscina fica grande o suficiente para nadar. Uma opção bastante popular é ir até a cachoeira depois de passar algumas horas na praia e limpar o sal do corpo.

Uma ode à cultura no Real Gabinete Português de Leitura

O que fazer no Rio de Janeiro - Real Gabinete Português de Leitura
Livros e mais livros no Real Gabinete Português de Leitura © acmoraes

Pego de surpreso pela chuva ou a fim de um break no barulho da cidade? A dica então é se perder nos corredores cheios de história e cultura no fascinante Real Gabinete Português de Leitura. Desde 1887, o prédio abriga uma extraordinária coleção de literatura portuguesa e primeiras edições que datam do século 16.

São milhares de obras espalhados em três andares, em meio a um design interior de madeira escura, igualmente fascinante. E tudo para admirar de graça. Mas só durante a semana, já que fecha nos finais de semana. Com certeza uma visita imperdível para fazer no Rio de Janeiro! Leia mais sobre essa e outras das bibliotecas mais lindas do mundo.

Veja o sol se por na praia

O que fazer no Rio de Janeiro - Por do sol no Arpoador
Por do sol no Arpoador é um show da natureza de graça todos os dias no Rio

Não é porque o Rio é uma cidade naturalmente linda que os cariocas ignoram esse fato. É só ver os frequentadores da praia de Ipanema aplaudindo o sol se pondo todo fim de tarde, num espetáculo diário dos mais belos. Para participar desse simpático ritual, é só sentar-se na Pedra do Arpoador (no final da praia de Ipanema), de preferência com uma água de coco geladinha em mãos, e assistir ao astro-rei se despedir lentamente.

E não precisa ir embora quando a noite chegar! Além de shows e festas gratuitas que costumam acontecer na areia ou no parque próximo nos finais de semana, vale a pena dar um mergulho noturno. Quando o sol se põe, refletores imensos são ligados, deixando a água com uma convidativa sombra de azul claro, perfeita para se refrescar e encerrar o dia de forma gloriosa.

Passagem para o Rio de Janeiro
Quer saber mais dicas sobre o que fazer no Rio de Janeiro? Baixe nosso guia gratuito do Rio para o seu iPhone (disponível em inglês).
Leia também: 15 curiosidades sobre o Rio de Janeiro e O melhor da natureza carioca: lugares para conhecer no Rio de Janeiro

Publicado originalmente

09/05/2016