Pesquise passagens baratas para Manta

Ida e volta
1 adulto
Econômica
Origem
Destino
dom 8/8
dom 15/8

Alerta de restrição de viagem

O surto de COVID-19 (coronavírus) pode afetar sua viagem para Manta. As restrições atuais para Manta são baseadas nas restrições de viagem de Equador.
Ver restrições de viagem atuais para Equador

Qual é a melhor época para viajar para Manta?

  • Há outro aeroporto perto de Manta?

    É possível encontrar um aeroporto alternativo e possivelmente mais barato perto de Manta. Se você estiver planejando voar para Manta, considere reservar voos para Aeroporto de Salinas (a 141 km do centro da cidade de Manta).


Quais são as restrições atuais para viajar a Manta?

Atualmente, as restrições de viagem para Equador incluem viagens para Manta. Restrições de entrada

Os voos para o Equador já foram retomados. A partir de 22 de dezembro, todos os viajantes que chegam do Reino Unido, Austrália, África do Sul e UE devem fazer um teste de antígeno (teste rápido) na chegada ao aeroporto. Existem 'corredores de viagem' especiais para turistas que visitam Galápagos. Os estrangeiros que desejam entrar nas ilhas devem apresentar o teste de Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) negativo para COVID-19, realizado 96 horas da data de partida para o Equador. Ao chegar ao Equador, o turista pode ser solicitado a fazer outro teste PCR, por sua conta. Os turistas também devem apresentar um voo de volta e um documento de passagem segura (‘salvo conducto’) emitido pelo Ministério do Turismo para ficarem isentos de fazer 14 dias de auto-isolamento nas ilhas. Os operadores turísticos ou hotéis são responsáveis ​​por organizar este documento de passagem segura em nome dos turistas, uma vez que os visitantes precisam ter acordos prévios de viagem e acomodação. O Cartão de Controle de Trânsito de Galápagos deverá ser preenchido online pelo menos 24 horas antes do voo. Ao chegar ao Equador, você deverá preencher uma Declaração de Status de Saúde, incluindo um endereço local.

Requisitos de entrada

Viajantes devem apresentar um formulário de declaração de saúde e um formulário de imigração preenchidos, bem como um teste RT-PCR negativo para COVID-19 emitido dentro de 10 dias da chegada. Os viajantes sem um resultado de teste de qualificação serão testados na chegada. Os viajantes que não puderem fornecer um teste PCR serão testados no aeroporto por conta própria. Existem 'corredores de viagem' especiais para turistas que visitam Galápagos. Os estrangeiros que desejam entrar nas ilhas devem apresentar o teste RT-PCR negativo para COVID-19, realizado ATÉ 96 horas antes da data de partida para o Equador. Ao chegar ao Equador, os turistas podem ser solicitados a fazer outro teste PCR, por sua conta. Os turistas também devem apresentar um voo de volta e um documento de passagem segura (‘salvoconducto’) emitido pelo Ministério do Turismo para ficarem isentos de fazer 14 dias de auto-isolamento nas ilhas. Os operadores turísticos ou hotéis são responsáveis por providenciar este documento de passagem segura em nome dos turistas, desde que os visitantes sejam obrigados a ter providências previamente contratadas de viagem e alojamento. O Cartão de Controle de Trânsito de Galápagos deverá ser preenchido online pelo menos 24 horas antes do voo. Ao chegar ao Equador, você deverá preencher uma Declaração de Status de Saúde, incluindo um endereço local.

Requisitos de quarentena

Os viajantes que chegam podem ser submetidos a um teste rápido aleatório de antígeno realizado no aeroporto pelo Ministério da Saúde, independentemente de apresentarem um teste RT-PCR negativo para COVID-19. Se o teste rápido do antígeno for positivo, eles devem isolar por 10 dias em um dos Centros de Atenção Temporária do Ministério da Saúde em Quito ou Guayaquil. A partir de 11 de janeiro não é mais permitido realizar o isolamento em residência particular ou hotel. Os viajantes do Reino Unido, Austrália, África do Sul e UE terão de fazer o auto-isolamento obrigatório durante 5 dias. Os não residentes no Equador terão que se isolar em hotéis determinados pelas autoridades locais, às suas custas. Os residentes podem se isolar em suas casas.

Outras informações

Passaportes normais emitidos pelo Equador que expiraram em 16 de março de 2020 ou depois são considerados válidos até 28 de fevereiro de 2021. Os passageiros devem ter um "Certificado de extensão de validade do passaporte" e viajar com o passaporte vencido.

Se você planeja viajar para Manta no momento, é recomendado que se informe a respeito das restrições atuais e siga medidas adequadas de segurança quando estiver em público.

Comece a planejar sua viagem para Manta


Passagens aéreas baratas para outras cidades em Equador

Perdeu a vontade de viajar para Manta? Confira algumas passagens aéreas baratas para outras cidades em Equador